França entra em recessão e Alemanha tem pior trimestre desde 1970

Dados sobre os primeiros três meses deste ano mostram que a economia francesa entrou oficialmente em recessão. Na Alemanha, a maior da Europa, a economia sofreu nos três primeiros meses deste ano a maior contração em quase 40 anos, informou o governo do país nesta sexta-feira.

BBC Brasil |

O Produto Interno Bruto (PIB) alemão caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior, devido à queda das exportações e investimentos. A queda foi pior do que os 3,2% previstos e "a maior contração desde o cálculo e publicação de estatísticas trimestrais em 1970", disse o instituto de estatísticas alemão.

A Alemanha entrou em recessão técnica (seis meses seguidos de queda do PIB) no terceiro trimestre do ano passado. No último trimestre de 2008, a economia alemã havia encolhido 2,2%. A economia alemã é baseada em exportações, que foram fortemente afetadas pela crise econômica global.

Na França, estatísticas mostram que a economia francesa caiu 1,2% no primeiro trimestre, o que já era esperado pelo governo. O setor automotivo e as exportações foram os mais afetados.

Segundo o instituto nacional de estatística Insee, a queda do PIB é menor do que a redução de 1,5% sofrida no trimestre anterior. Ainda assim os dados foram suficientes para colocar a economia francesa oficialmente em recessão.

O ministério da Fazenda francês acredita que a economia do país vai contrair 3% neste ano - o dobro do que havia sido previsto anteriormente pelo governo. A ministra Christine Lagarde disse, em nota oficial, que as previsões francesas e de organismos internacionais é de que a França vai começar a se recuperar "gradualmente em 2010".

Já o governo alemão prevê que o PIB da Alemanha cairá 6% em 2009.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG