França e Espanha iniciam operação contra piratas na UE

Os ministros da Defesa da França e da Espanha Hervé Morin e Carme Chacon abriram caminho neste domingo para uma operação militar européia de luta contra a pirataria marítima, em visita neste domingo a Djibuti.

AFP |

Os dois ministros assinaram uma declaração de intenção bilateral que prevê principalmente que a França coloque sua base militar em Djibuti à disposição da Espanha.

Este é o marco zero da operação que deve ainda ser confirmada em 10 de novembro, durante um Conselho formal dos ministros da Defesa da União Européia em Bruxelas, declarou Morin.

O ministro da Defesa francês lembrou que a França, atual presidente da União Européia, e a Espanha tomaram no início de agosto a iniciativa de propor a seus parceiros da UE de montar uma operação para toda a Europa da defesa, para proteger o conjunto do tráfego marítimo no Golfo de Adenm.

Cerca de 16.000 navios passam a cada ano no corredor de navegação deste ponto estratégico, por onde também circulam 3,5 milhões de barris de petróleo a cada dia, lembrou.

Morin também confirmou que esta operação seria colocada sob comando britânico, com um "magnífico símbolo para a Europa da defesa".

A iniciativa franco-espanhola ocorre depois que os dois países se viram confrontados nos últimos meses a atos de piratas ao longo das costas somalis e no Golfo de Aden onde o número destes atos explodiu desde o início do ano,

Pelo menos 77 navios estrangeiros foram atacados por piratas somalis nestas águas este ano, mais que o dobro de ataques registrados em todo o ano de 2007, segundo o Bureaux marítimo internacional (BMI).

ha/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG