França diz que mandará mais tropas para o Afeganistão

Bucareste, 2 abr (EFE).- O Governo francês disse hoje na abertura da cúpula de chefes de Estado da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) que enviará um número substancial de tropas ao Afeganistão, o que permitiria aos Estados Unidos transferirem mais militares para o sul do país, onde lutarão contra o talibã.

EFE |

Desta forma, ficam satisfeitas as exigências do Canadá para obter um parceiro no sul do Afeganistão e estender sua missão no país até 2011, comunicou hoje à imprensa o porta-voz da Otan, James Appathurai, após o jantar dos chefes de Estado da entidade.

O Governo canadense tinha ameaçado deixar o Afeganistão caso não recebesse mais apoio de outros aliados em sua luta contra o talibã no sul afegão.

O porta-voz explicou que 800 soldados franceses serão mandados para o Afeganistão, onde a Otan lidera uma missão de quase 47 mil militares.

Segundo Appathurai, vários outros países demonstraram querer contribuir com tropas, mas não quis dar os nomes dessas nações.

O porta-voz também disse que os chefes de Estado da Otan deixaram claro que o organismo está "totalmente unido" em relação ao Afeganistão e a sua luta contra o terrorismo.

"Existe uma clara unidade quanto ao fato de que esta missão terá que ter sucesso", afirmou Appathurai. EFE jk/bba/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG