França denuncia retenção de seu embaixador em controle russo na Geórgia

Paris, 21 ago (EFE).- A França denunciou hoje que tropas russas retiveram seu embaixador na Geórgia durante três horas, em um controle nas cercanias da cidade georgiana de Gori.

EFE |

"É inaceitável que a liberdade de movimento de nosso embaixador tenha sido obstaculizada. Informamos às autoridades russas", afirmou o porta-voz adjunto do Ministério de Exteriores da França, Frédéric Desagneaux.

O embaixador francês na Geórgia, Eric Fournier, ficou retido no controle russo, quando voltava à capital, Tbilisi, após visitar a escola de treinamento de montanha de Satchkere, na qual a França oferece um programa de formação, disse o porta-voz.

Desagneaux afirmou que o diplomata está agora na delegação francesa.

O porta-voz disse que este "incidente" não coloca em xeque as "relações de trabalho" entre Fournier e o embaixador russo em Tbilisi, e que, em particular, permitiram recentemente facilitar uma troca de prisioneiros russos e georgianos.

Sobre se o incidente de hoje é visto como outro indício de que a Rússia não está respeitando seu compromisso de sair da Geórgia, o porta-voz lembrou a posição francesa sobre "a necessidade" da retirada das tropas russas, conforme o acordo mediado pela França e os compromissos assinados pelo presidente Dmitri Medvedev diante do chefe de Estado francês, Nicolas Sarkozy. EFE al/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG