França confia que Brasil comprará seus caças para reforçar Força Aérea

Paris, 14 abr (EFE).- O ministro de Defesa da França, Hervé Morin, afirma que confia que o Brasil optará pelos caças franceses Rafale na licitação para modernizar sua frota de aviões de combate graças à aliança estratégica entre os dois países.

EFE |

Morin, em entrevista à emissora de rádio "France Info", afirmou que a situação nas negociações para vender o Rafale é de "confiança na medida em que temos uma aliança estratégica com o Brasil".

"Estamos em uma competição extremamente dura, mas estamos confiantes", reiterou após ter recordado que os brasileiros já optaram nos últimos meses pela aquisição de submarinos e helicópteros militares franceses.

O Rafale, fabricado pelo grupo Dassault, concorre com o Super Hornet F/A-18 (da americana Boeing) e o Gripen NG (da sueca Saab). O Brasil pretende comprar 36 novos caças.

Na semana passada, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, tinha ratificado que a Força Aérea recomenda ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva os Rafale franceses. EFE ac/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG