Paris, 20 jan (EFE).- A França está disposta a trabalhar com um Governo palestino de unidade integrado pelo grupo radical Hamas, desde que respeite o princípio do processo de paz e que se comprometa a negociar com Israel para criar dois Estados, indicou hoje um porta-voz do Ministério de Exteriores francês.

O porta-voz Eric Chevalier assegurou ainda que "a renúncia à violência" por parte do Hamas é "um elemento importante".

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, propôs a criação de um Governo de união nacional que inclua o Hamas como meio de superar as diferenças internas.

A proposta do líder palestino foi formulada um dia após de Israel e Hamas declararem, de forma separada, um cessar-fogo após um conflito que durou mais de três semanas e que cerca de 1.300 mortos.

O Hamas é considerado um grupo terrorista pela União Europeia (UE). EFE lmpg/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.