Fragata australiana impede ataque de piratas no Golfo de Áden

Sydney (Austrália), 23 set (EFE).- Uma fragata australiana interceptou piratas da Somália que seguiam o rastro a um cargueiro no Golfo de Áden e apreendeu um arsenal de armas que inclui um lança-granadas, informaram hoje fontes militares.

EFE |

O fato ocorreu na noite do domingo passado, quando o "HMAS Toowoomba" recebeu uma chamada de socorro da embarcação mercante "BBC Portugal", cuja nacionalidade não foi revelada, segundo o comandante Ivan Ingham.

A fragata respondeu ao pedido de auxílio com o envio de um avião de reconhecimento e um helicóptero para localizar à lancha cheia de homens armados que espreitava ao cargueiro.

Pouco depois chegou ao lugar o navio de guerra australiano, que abordou o barco das piratas, desarmando-os e confiscando um lança granadas, seis fuzis de assalto AK-47 e munição.

Os suspeitos detidos afirmaram ser somalis mas negaram estar tentando atacar a embarcação mercante, assinalou Ingham.

Trata-se da primeira intervenção do "HMAS Toowoomba" desde que a fragata chegou há duas semanas ao Golfo de Áden, considerada agora a rota marítima mais perigosa do mundo pela proliferação de assaltos e sequestros.

Neste ano, os bandidos atacaram mais de cem navios neste braço de mar que une o Mar Mediterrâneo com o Oceano Índico através do Canal de Suez.

Austrália é um os países que enviaram à zona navios de guerra para defender a rota comercial sob comando das Nações Unidas. EFE mg/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG