Fotos tiradas em Abu Ghraib mostram abuso sexual, diz jornal

LONDRES - As fotografias tiradas na prisão iraquiana de Abu Ghraib, cuja publicação foi vetada pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mostram abusos sexuais, informou nesta quinta-feira o jornal britânico Daily Telegraph, citando como fonte um ex-general americano.

Redação com AFP |

Algumas imagens mostrariam prisioneiros sendo abusados sexualmente com objetos como canos e arames, e uma prisioneira sendo despida à força por um soldado americano.

Segundo o jornal, a informação de que estas imagens estão em um relatório de 2004 sobre abusos contra os presos em Abu Ghraib e outras prisões iraquianas foi confirmada pelo general americano Antonio Taguba. "Estas fotos mostram torturas, abusos, violações, todo tipo de atos indecentes", declarou o general, que se retirou em janeiro de 2007.

O Telegraph sugeriu que o presidente Obama tenha impedido a divulgação das imagens justamente por mostrarem abusos sexuais em Abu Ghraib e outras prisões operadas pelos Estados Unidos no Iraque e no Afeganistão.

Em declarações ao jornal britânico, Taguba apoiou a decisão de Obama. "Não sei a quê teria servido a publicação destas fotos, exceto a um objetivo puramente ilegal. Só a descrição dessas imagens já é suficientemente horrenda, acreditem", afirmou.

Em abril, Obama declarou que as polêmicas fotografias de abusos em prisões no Iraque e no Afeganistão seriam publicadas. No entando, o presidente voltou atrás, afirmando que a divulgação das imagens colocaria as tropas americanas em risco.

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG