Imagens mostram últimos momentos de agentes do serviço penitenciário que viajavam no veículo atingido pelo incêndio

Fotos divulgadas neste domingo pela imprensa israelense mostram os últimos momentos do ônibus no qual viajavam os agentes do serviço penitenciário mortos na quinta-feira, no maior incêndio na história do país.

As fotos, que apareceram no "Canal 10" e na edição eletrônica do jornal "Ha'aretz", foram tiradas por um fotógrafo amador e retratam os últimos e dramáticos momentos da tragédia que tirou as vidas de 41 pessoas.

Na quinta-feira, um ônibus no qual viajavam agentes do sistema prisional de Israel foi literalmente devorado pelas chamas ao ficar preso depois que uma árvore caiu sobre a estrada e bloqueou o caminho. O veículo se dirigia à prisão de Damon para evacuar os presos e afastá-los do incêndio. Outros dois mortos eram oficiais de polícia e havia ainda um voluntário de 16 anos e um motorista do ônibus. "Na tarde da quinta-feira vimos um incêndio massivo que descia a montanha em direção a nós e soltava muita fumaça ao céu", disse Dan Oren, autor das fotografias, ao "Ha'aretz".

"O fogo começou a envolver tudo. Os caminhões de bombeiros tentaram formar uma barreira, mas as chamas se espalharam em direção à estrada. Nesse ponto, continuávamos olhando e tirando fotos", acrescentou a testemunha. "De repente, nos demos conta que havia um ônibus no meio do fogo, a cerca de 400 metros de onde estávamos". "Consegui com dificuldade tirar algumas fotos, e depois um muro de fogo cobriu toda a área. Já não víamos o ônibus. Parecia que tinha evaporado e só vimos o fogo, chamas de entre 30 e 40 metros de altura", acrescentou Oren.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.