Fotógrafo paulista é destaque em evento na Espanha

Madri, 2 jun (EFE).- Considerado como um dos artistas renovadores da fotografia documental, o paulista Mauro Restiffe expõe em Madri mais de 30 imagens em preto e branco, onde cidades como São Paulo, Istambul, Washington e Taipé se tornam personagens.

EFE |

Dentro da programação da PhotoEspaña 2009, a Casa da América, em colaboração com a Fundação Repsol, organiza "Mirante", título da mostra, que dá nome também a uma das fotografias expostas, a única que não trata do urbano, mas "do campestre e do idílico", segundo explicou hoje Restiffe.

Apesar dessa imagem, toda a exposição dirige a atenção para metrópoles do mundo, de tal forma que, segundo o autor, "se estabelece um diálogo entre a cidade e a fotografia".

Assim, a vastidão e o silêncio da arquitetura islâmica de Istambul dialogam com os espaços de Brasília; os motoristas presos no trânsito de Taipé, com os transeuntes deslumbrados pela luz dos edifícios da Quinta Avenida, em Nova York.

O uso da cidade como protagonista se reflete também nas fotografias da posse do primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, ou da do chefe de Estado americano, Barack Obama, em Washington, no dia 20 de janeiro - nenhum dos dois aparece retratado.

O fotógrafo paulista retira o sentido turístico destes eventos para tratá-los como documento histórico.

"Restiffe não cai na homogeneização da fotografia porque cria uma nova linguagem em cada série. Em cada cidade que retrata, cria uma linguagem diferente", destaca o curado da mostra, o brasileiro Rodrigo Moura.

Mauro Restiffe nasceu em 1970. Ele estudou na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), na capital paulista, e no Centro Internacional de Fotografia de Nova York. EFE lca/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG