WASHINGTON (Reuters) - Representantes das maiores economias do mundo vão se reunir novamente nos próximos meses para discutir formas de combater a mudança climática, disse nesta terça-feira o principal negociador dos Estados Unidos para o clima. Todd Stern, principal negociador do presidente Barack Obama nas conversações internacionais sobre mudança climática, afirmou que o Fórum das Maiores Economias (MEF, da sigla em inglês), patrocinado pelos Estados Unidos, vai se reunir de novo na esteira da cúpula de Copenhague, da Organização das Nações Unidas (ONU), ocorrida em dezembro, que resultou um acordo sobre o aquecimento global, mas sem um tratado vinculante.

"Nós planejamos, sim, um encontro do MEF", disse Stern a jornalistas após falar numa conferência climática nesta terça-feira.

"Ainda não marcamos a data, mas estou certo de que será na primavera (no Hemisfério Norte)", afirmou ele.

Stern disse que os EUA copresidiriam o encontro, que provavelmente seria realizado em outro país.

O fórum é visto como uma via para ajudar a fomentar as conversações internacionais para reduzir as emissões de gases-estufa, responsabilizados por aquecer a Terra, mas Stern, que reclamou de algumas limitações do processo da ONU, disse que a reunião não buscava passar por cima da organização.

O fórum agrupa 17 dos principais emissores mundiais de gases-estufa. No ano passado ocorreram diversas reuniões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.