Fortuna de Bloomberg desanima democrata a tentar Prefeitura de N.York

Nova York, 27 mai (EFE).- O congressista democrata Anthony Weiner, apontado como um dos potenciais candidatos à Prefeitura de Nova York, anunciou hoje que não entrará na disputa devido, em parte, aos elevados recursos econômicos de Michael Bloomberg.

EFE |

Weiner lembra, em artigo assinado por ele e publicado no diário "The New York Times", que o milionário prefeito nova-iorquino, que buscará em novembro a reeleição para um terceiro mandato, deve investir US$ 80 milhões de seu bolso na campanha.

Segundo o democrata, a quantia "é mais de dez vezes" maior que a que os candidatos que, ao contrário de Bloomberg, não abriram mão de utilizar fundos públicos podem usar.

Com esse nível de despesa, "debates frequentes sobre assuntos reais provavelmente ficarão para trás em relação a anúncios publicitários", disse o político e membro da Câmara de Representantes dos EUA, que há meses tinha lugar de destaque entre os possíveis adversários de Bloomberg.

O congressista lembra que a decisão da Suprema Corte nacional, de 1976, de permitir que os candidatos gastem o quanto desejem de seus próprios recursos em disputas eleitorais "torna possível que multimilionários possam afligir os candidatos de classe média".

O político nova-iorquino disse também que a decisão de se manter no Congresso obedece às mudanças em Washington, com uma presença mais progressista em todas as partes do Governo federal, reformas econômicas importantes e outras que pretendem ser realizadas em matéria energética ou de saúde.

Weiner diz que levou em consideração sua vida pessoal e seu trabalho em Washington e decidiu "que não é o momento adequado" para se apresentar este ano às eleições para prefeito.

O político considera que sua decisão beneficiará William Thompson, considerado o favorito para ganhar a nomeação democrata e disputar o posto com Bloomberg em novembro. EFE vm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG