Fortuna de Baby Doc na Suíça voltará ao Haiti

A Suíça devolverá a fortuna do ex-ditador haitiano Jean-Claude Duvalier, mais conhecido como Baby Doc, ao Haiti para que seja utilizado em projetos de desenvolvimento, anunciaram as autoridades de Genebra.

AFP |

Depois de rejeitar mais de 20 anos de ações legais por parte da família Duvalier, a justiça suíça considerou que "os titulares das contas não conseguiram demonstrar a origem legal do capital, de sete milhões de francos suíços" (seis milhões de dólares).

Baby Doc, filho do também ditador François Duvalier (Papa Doc), e seus seguidores foram acusados de ter roubado centenas de milhões de dólares de dinheiro público durante 15 anos no poder.

O dinheiro permaneceu congelado em contas bancárias na Suíça desde que foi bloqueado a pedido do governo do Haiti após a queda de Baby Doc em 1986.

No entanto, a família Duvalier tem prazo de 30 dias para recorrer ao Supremo Tribunal da Suíça.

A justiça suíça determinou que o dinheiro deve ser utilizado em projetos sociais ou humanitários em benefício do povo do Haiti, com a supervisão do ministério das Relações Exteriores.

pac/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG