Fortes tremores abalam Taiwan; não há informações sobre vítimas

TAIPÉ (Reuters) - Dois fortes terremotos sacudiram Taiwan e ilhas do sul do Japão nesta segunda-feira, mas não há informações sobre vítimas ou danos. O epicentro do primeiro abalo, registrado às 8h05 desta segunda-feira (21h05 de domingo no Brasil), estava 188 quilômetros a sudeste de Hualien, na costa leste de Taiwan, numa profundidade de 11 quilômetros, informou o Instituto Central de Meteorologia do país, em um comunicado.

Reuters |

O Instituto Geológico dos EUA estabeleceu a magnitude do tremor em 6,7 após uma primeira estimativa de 6,9. O Japão retirou uma advertência de tsunami, feita inicialmente.

O segundo tremor, cujo epicentro foi próximo do primeiro, em uma profundidade de 20 quilômetros, ocorreu às 18h10 (7h10 em Brasíia), com magnitude 6,1, informou o Instituto Central de Meteorologia. O abalo também foi sentido na ilha japonesa de Ishigaki.

A Agência Meteorológica do Japão classificou o segundo tremor como de nível 2 na escala japonesa de intensidade sísmica, de 1 a 7 pontos, o que significa que pôde ser sentido por algumas pessoas em edifícios e que objetos pendurados, como luminárias, balançaram levemente.

Um alerta de tsunami foi divulgado logo após o terremoto, informou a TV japonesa NHK.

Terremotos são frequentes em Taiwan, localizada a sudeste da China sobre uma faixa sísmica bastante ativa na bacia do Pacífico.

Taiwan se recupera de um tufão que atingiu o país no dia 8 de agosto, causando grandes deslizamentos de terra e inundações. O presidente Ma Ying-jeou estimou que o número de mortes provocadas por essa tempestade ultrapassou 500.

Um dos piores abalos sísmicos registrados em Taiwan foi em 1999. De intensidade 7.6 na escala Richter, o terremoto matou mais de 2.400 pessoas e destruiu ou danificou mais de 50.000 edificações.

(Reportagem de Ralph Jennings; Reportagem adicional de Yoko Kubota em Tokyo)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG