BOSTON (Reuters) - Fortes tempestades e um possível tornado atingiram o Estado norte-americano de New Hampshire nesta quinta-feira, matando pelo menos uma pessoa, e deixando um número não-identificado pessoas presas em suas casas e derrubando árvores, disseram moradores e a imprensa local. Ainda temos fios com eletricidade corrente e árvores derrubadas por toda parte, disse Mary Frambach, uma voluntária no corpo de bombeiros em Epsom, cidade do leste de New Hampshire que foi fortemente atingida pela tempestade que afetou as áreas central e leste do Estado.

Frambach disse à Reuters que equipes de resgate estavam ajudando a remover as pessoas aprisionadas em casas danificadas, incluindo pelo menos uma que entrou em colapso.

O governador de New Hampshire, John Lynch, declarou estado de emergência em cinco condados e abriu um centro de operações de emergência.

A área coberta pelo estado de emergência é habitada por aproximadamente 675 mil pessoas, mais de metade composta pela vasta população rural do Estado. A área inclui a capital do Estado, Concord, e as cidades turísticas ao redor do lago Winnipesaukee.

'A situação ainda está acontecendo. Faço um apelo a todos os cidadãos de New Hampshire para que tomem precauções e para que prestem atenção aos avisos das autoridades de segurança pública', disse Lynch em nota.

Pelo menos uma pessoa foi morta perto do Lago de Northwood em Epsom, disse o jornal Union Leader de Northwood Lake.

'Claramente um número grande de casas foi danificado.

Algumas delas parecem estar completamente destruídas, ou grandes pedaços delas destruídos', disse o porta-voz da administração de emergência do Estado de New Hampshire, Jim Van Dongen.

Todd Gutner, um meteorologista da WBZ-TV, disse baseado nas informações dos danos ser provável que a área tenha sido atingida por um tornado, uma rara ocorrência na região.

(Reportagem de Jason Szep e Scott Malone)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.