Uma mulher morreu na ilha grega de Rodes (sudeste) nesta terça-feira em um forte terremoto submarino de 6,3 na escala Richter que sacudiu o arquipélago do Dodecaneso (sudeste), informaram autoridades locais.

A mulher caiu de uma escada quando tentava fugir de sua casa na cidade de Archangelos, declarou um alto funcionário municipal, Christos Argyrou, à rede de TV Net.

O tremor, de 6,3 na escala Richter, segundo o Instituto de Geodinâmica do Observatório Nacional de Atenas, foi registrado às 06h26 locais (00h26 de Brasília).

O epicentro foi localizado 445 km a sudeste de Atenas.

No momento nenhuma outra vítima ou danos materiais foram anunciados.

Anteriormente, o Serviço Geológico norte-americano havia ressaltado em um comunicado que o terremoto ocorreu a uma profundidade de 68 km, com epicentro 64 quilômetros a sudoeste de Rodes, e 147 quilômetros a sudoeste de Mugla, na Turquia.

"O terremoto pode criar uma pequena tsunami, mas essa possibilidade se reduz se o epicentro está situado em grande profundidade", indicou o sismólogo Efthymios Lekkas à rede Net.

A metade dos terremotos registrados na Europa a cada ano ocorrem na Grécia.

Leia mais sobre: terremotos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.