Forte terremoto deixa mortos no Usbequistão

Tremor de 6,1 graus de magnitude atingiu principalmente o vale de Fegana, região mais populosa da Ásia Central

iG São Paulo |

Um terremoto de 6,1 graus de magnitude atingiu o Usbequistão na noite de terça-feira, deixando pelo menos 13 mortos e 86 feridos. De acordo com o Ministério de Situações de Emergência do país, casas foram danificadas no vale de Fergana, a região mais atingida.

O vale é dividido entre Usbequistão, Tajiquistão e Quirguistão em uma confusa colcha de retalhos de fronteiras da era soviética. Trata-se da região mais densamente povoada da Ásia Central. O epicentro do tremor foi no Quirguistão, a 235 quilômetros de Tashkent, capital uzbeque.

Moradores da cidade de Andijan e de muitas outras aldeias próximas tiveram de deixar suas casas e permaneceram durante horas nas ruas porque o terremoto abriu fendas nos edifícios. O presidente do Usbequistão, Islam Karimov, ordenou que o governo adote todas as medidas necessárias para ajudar aos desabrigados. "As autoridades expressam sua solidariedade com os familiares das vítimas", afirmou, em decreto presidencial.

O terremoto não causou vítimas no Quirguistão, mas as autoridades do país fecharam testradas que ligam as cidades de Batken e Osh. Um morador de uma cidade no Quirguistão, perto da fronteira com o Usbequistão, falou que o terremoto durou até 15 segundos. "Foi muito assustador e longo", afirmou.

Terremotos são frequentes na Ásia Central, uma região de montanhas e estepes entre Afeganistão, Irã, Rússia e China. Em 2008, um poderoso terremoto matou mais de 70 pessoas no Quirguistão.

Em 1966, a capital uzbeque Tashkent foi abalada por um terremoto de magnitude 7,5 quando centenas de milhares de pessoas ficaram desabrigadas. Outro terremoto, de magnitude 6, atingiu a cidade em 2008, sem provocar danos.

Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: uzbequistãoQuirguistãoterremototremorásia central

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG