POTI, Geórgia (Reuters) - A Geórgia acusou as forças russas na terça-feira de entrar no porto de carregamento de petróleo de Poti, no mar Negro, e deter 20 autoridades policiais. Eles entraram no porto civil e chutaram todos para fora, disse o porta-voz do Ministério do Interior da Geórgia, Shota Utiashvili.

Um cinegrafista da Reuters viu diversos homens com vendas nos olhos sendo colocados em veículos blindados da Rússia, que seguiam para a cidade ao leste de Senaki.

(Por Matt Robinson)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.