O Exército de Israel vai ficar na Faixa de Gaza depois da entrada em vigor de um eventual cessar-fogo unilateral, que deve ser votado sábado pelo gabinete de segurança, anunciou nesta sexta-feira um responsável israelense.

"As forças israelenses ficarão em Gaza depois da instauração de um cessar-fogo unilateral", afirmou à AFP este responsável, que não quis ser identificado.

Ele não especificou por quanto tempo as forças israelenses ficarão em Gaza depois do cessar-fogo.

Segundo a fonte, Israel accredita que o Hamas não voltará a atacar, mas "se eles decidirem abrir fogo, não hesitaremos em responder e a seguir adiante com nossa ofensiva".

rb/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.