Forças internacionais impediram 85 ataques piratas na Somália em 2009

Abu Dhabi, 28 mai (EFE).- As forças internacionais que atuam contra a pirataria no litoral da Somália e do Golfo de Áden, no Iêmen, frustraram 85 dos 155 ataques piratas ocorridos este ano, informou hoje a Marinha dos Estados Unidos.

EFE |

Em nota publicada em seu site, a V Frota da Marinha americana, com sede no Barein, disse que há 14 navios e mais de 200 tripulantes em poder dos piratas atualmente.

Além disso, nos últimos nove meses as forças internacionais - uma colaboração entre UE, Otan e outros países -, capturaram 443 piratas, sendo que 212 foram libertados mais tarde, outros 184 foram a julgamento, oito morreram e 39 aguardam decisão da Justiça.

Durante esse período, 26 embarcações dos piratas foram destruídas e 12 confiscadas. As autoridades apreenderam armas pequenas, lança-granadas e munição.

O comunicado lembrou que a última ação com êxito dos piratas foi o sequestro de um navio com bandeira das Antilhas Holandesas, que estava com oito pessoas a bordo, no último dia 7.

Desde então, a ação de navios de guerra de países como Espanha, Reino Unido, Itália, Turquia e EUA, entre outros, frustraram outros sete ataques. EFE mys/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG