Forças do Iêmen libertam petroleiro sequestrado

Sana, 27 abr 8 (EFE).- Um comando das forças especiais de segurança iemenita libertou hoje um petroleiro com bandeira do Iêmen sequestrado em uma operação na qual morreram três piratas e outros 11 foram detidos, informaram fontes militares e policiais.

EFE |

O navio, identificado com o nome de Qana e com capacidade para transportar 3.000 toneladas de petróleo, se dirigia ontem do porto de Nishtawn, no litoral do mar Arábico, ao de Áden, ambos no sul do Iêmen.

Na embarcação, que viajava sem carga, se encontravam 23 marinheiros quando foi sequestrada por piratas somalis, a 10 milhas marítimas do litoral iemenita, segundo as fontes.

O Ministério da Defesa iemenita afirmou na tarde de ontem que tropas navais tinham libertado o navio após um enfrentamento de várias horas, no qual tinham morrido dois piratas, enquanto outros dois tinham ficado feridos, além de dois soldados iemenitas.

No entanto, em uma segunda nota emitida pouco depois a mesma instituição desmentiu esta informação e disse que suas forças ainda tinham cercado o petroleiro, que estava controlado por nove piratas somalis há várias horas. EFE ja/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG