Forças de segurança prendem 54 insurgentes em Bagdá nas últimas 24 horas

Bagdá, 1 abr (EFE).- As Forças de Segurança iraquianas prenderam 54 supostos insurgentes nas últimas 24 horas em meio ao plano de segurança Aplicamos a lei, informou hoje a agência de notícias independente Aswat Al Iraq.

EFE |

O porta-voz do plano, o general Qasem Ata, citado pela agência, explicou que as forças iraquianas prenderam dois suspeitos no bairro de Kazamiya, no norte de Bagdá, outros quatro em Mansur e cinco em Rashied.

Além disso, outros sete supostos rebeldes foram presos nos bairros de Adhamiya, Yadida e Karrada.

As forças de segurança também prenderam outros 35 suspeitos e apreenderam um arsenal de armas no distrito de Mahmudiya, no sul da cidade.

Ata afirmou também que um homem armado foi capturado em Abu Ghraib, nas proximidades de Bagdá, enquanto soldados do Exército desativaram uma bomba colocada junto a uma estrada na zona de Taji.

Durante o desenvolvimento das operações pelo menos um oficial e um soldado iraquiano morreram e outros nove militares ficaram feridos, disse o porta-voz.

O plano Aplicamos a Lei, lançado pelo primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, em fevereiro de 2007, é a grande aposta de seu Executivo para tentar acabar com a violência em Bagdá nos seus arredores. EFE am/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG