Argel, 12 abr (EFE).- As forças de segurança argelinas mataram outros dois supostos terroristas da organização Al Qaeda para o Magrebe Islâmico (AQMI) na região da Cabília, elevando para oito o número de supostos membros dessa organização mortos nos últimos três dias, informaram hoje à Agência EFE fontes de segurança.

Os dois supostos terroristas, que viajavam em um automóvel camuflado, caíram em uma emboscada montada por unidades da brigada móvel da Polícia argelina na zona de Mechtras, na província de Tizi-Ouzou.

Um deles foi identificado como Lamine, mais conhecido como "Chouaib", chefe de uma célula local da AQMI.

Na quarta-feira passada, outros dois supostos terroristas dessa organização morreram em um bombardeio de aviões do Exército em uma zona montanhosa suspeita de servir de refúgio para ativistas em Ath Yahia, a 35 quilômetros de Tizi-Ouzou.

Pouco antes, quatro supostos terroristas haviam morrido em duas operações diferentes na província de Boumerdès.

A Cabília é a zona da Argélia onde ocorre a maior parte das ações dos comandos da AQMI. EFE sk/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.