Forças de segurança matam outros dois membros da Al Qaeda na Argélia

Argel, 12 abr (EFE).- As forças de segurança argelinas mataram outros dois supostos terroristas da organização Al Qaeda para o Magrebe Islâmico (AQMI) na região da Cabília, elevando para oito o número de supostos membros dessa organização mortos nos últimos três dias, informaram hoje à Agência EFE fontes de segurança.

EFE |

Os dois supostos terroristas, que viajavam em um automóvel camuflado, caíram em uma emboscada montada por unidades da brigada móvel da Polícia argelina na zona de Mechtras, na província de Tizi-Ouzou.

Um deles foi identificado como Lamine, mais conhecido como "Chouaib", chefe de uma célula local da AQMI.

Na quarta-feira passada, outros dois supostos terroristas dessa organização morreram em um bombardeio de aviões do Exército em uma zona montanhosa suspeita de servir de refúgio para ativistas em Ath Yahia, a 35 quilômetros de Tizi-Ouzou.

Pouco antes, quatro supostos terroristas haviam morrido em duas operações diferentes na província de Boumerdès.

A Cabília é a zona da Argélia onde ocorre a maior parte das ações dos comandos da AQMI. EFE sk/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG