Forças de segurança em alerta diante de novas manifestações em Bangcoc

Bangcoc, 19 set (EFE).- As forças de segurança tailandesas foram hoje desdobradas em vários pontos de Bangcoc para prevenir focos de violência perante a chegada à capital de milhares de seguidores do Governo, cuja sede continua ocupada por manifestantes.

EFE |

O porta-voz policial Surapol Thuanthong disse que soldados do Exército e da Polícia trabalham de forma coordenada a fim de evitar que se reproduzam confrontos violentos como os ocorridos no dia 2 de setembro, nos quais uma pessoa morreu e mais de 40 ficaram feridas.

"Os confrontos que ocorreram no começo deste mês não podem se repetir, a Polícia e o Exército trabalharão conjuntamente para evitá-lo", afirmou o porta-voz.

A Polícia prevê que milhares de tailandeses, procedentes das zonas rurais do norte do país, se manifestem hoje em sinal de respaldo ao novo primeiro-ministro Somchai Wongsawat e a seu cunhado, o ex-líder Thaksin Shinawatra, deposto mediante um golpe de Estado em 2006 e exilado no Reino Unido.

O rei da Tailândia Bhumibol Adulyadej sancionou na quinta-feira a nomeação de Wongsawat como primeiro-ministro depois que fora eleito por votação parlamentar graças ao voto do Partido do Poder Popular (PPP) e seus parceiros da coalizão governamental. EFE tai/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG