Forças de segurança chechenas matam guerrilheiros em Grozni

Moscou, 16 mai (EFE).- As forças de segurança da Chechênia mataram quatro guerrilheiros ligados ao terrorista suicida que na véspera detonou uma bomba em Grozni (capital), que matou dois policiais e um civil, informou hoje o Ministério do Interior dessa república russa do Cáucaso norte.

EFE |

Os guerrilheiros pertenciam ao mesmo grupo terrorista que o suicida e tinham previsto cometer uma série de atentados de grande repercussão, disse o titular do Interior, Ruslan Alkhanov.

A Polícia acabou com três dos guerrilheiros na mesma capital, enquanto o quarto foi interceptado quando viajava em um veículo perto da localidade de Aljan-Kalá.

O guerrilheiro abriu fogo contra os agentes quando estes detiveram seu carro, após o que foi abatido.

Os policiais acharam no carro uma bomba pronta para ser detonada, assim como duas granadas e uma pistola Makarov.

Segundo o Ministério do Interior, os quatro terroristas e o suicida tinham sido enviados a Grozni para cometer atentados de grande repercussão. EFE egw/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG