Forças afegãs e Otan iniciam ofensiva contra talibãs no sul

O Exército afegão e as forças da Otan anunciaram nesta quarta-feira o início de uma operação contra os talibãs na província de Kandahar, sul do Afeganistão.

AFP |

A ofensiva acontece cinco dias depois de uma fuga em massa de quase mil detentos da penitenciária de Kandahar, depois de um ataque talibã.

"Hoje às 08H00 da manhã começou a operação de limpeza no distrito de Arghandab, na província de Kandahar", declarou o general Mohamad Zahir Azimi, porta-voz do ministério da Defesa afegão.

"As operações estão em curso na província de Kandahar e se estenderam ao distrito de Arghandab, coordenada pelas forças de segurança afegãs, com o apoio de tropas canadenses da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan", confirmou Mark Laity, porta-voz civil da Aliança Atlântica no Afeganistão.

"Aconteceram alguns confrontos menores e não há baixas a destacar. Não aconteceram ataques aéreos", acrescentou.

Segundo as autoridades afegãs, centenas de talibãs armados foram avistados no distrito de Arghandab, menos de 20 km ao norte de Kandahar. Os insurgentes fundamentalistas afirmam ter tomado o controle de várias aldeias, abandonadas pelos moradores que temiam ficar presos durante os combates.

A província de Kandahar, berço dos talibãs, é ainda hoje um dos redutos do grupo. No fim de 2006, os fudamentalistas islâmicos executaram uma grande ofensiva para assumir o controle da região e sofreram fortes baixas.

Apesar da presença de 70.000 soldados estrangeiros no Afeganistão, os talibãs lideram uma sangrenta insurreição desde que foram expulsos do poder no fim de 2001 por uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

thm-wm-sak/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG