aumenta vigilância devido à crise com a Índia - Mundo - iG" /

Força aérea paquistanesa aumenta vigilância devido à crise com a Índia

Islamabad, 22 dez (EFE) - A Força Área do Paquistão (PAF) aumentou a vigilância em conseqüência da atmosfera atual com a Índia, disse hoje a instituição em comunicado citado pela agência estatal APP.

EFE |

Vários aviões militares sobrevoaram hoje diferentes cidades paquistanesas, como a capital, Islamabad, a vizinha localidade de Rawalpindi ou Lahore, no leste, segundo informaram as televisões locais.

Consultado pela Agência Efe, um porta-voz da Força Aérea paquistanesa afirmou que se tratava "simplesmente de exercícios".

A Índia e Paquistão protagonizam uma nova crise por causa dos atentados de finais de novembro em Mumbai, que deixaram 188 mortos e dos quais o Governo indiano acusa o grupo Lashkar-e-Toiba, que luta pela separação da Caxemira indiana e sua anexação ao Paquistão.

O Paquistão enviou recentemente um protesto formal à Índia por uma suposta violação do espaço aéreo em sua parte da Caxemira e nas proximidades de Lahore por parte de aviões indianos, embora as autoridades do país vizinho tenham negado tal infração.

O ministro de Exteriores indiano, Pranab Mukherjee, advertiu hoje de que permanecem "todas as opções abertas", incluindo a militar, na atual crise com o Paquistão.

Em Islamabad, o porta-voz de Exteriores paquistanês, Mohammad Sadiq, disse à Efe que "Paquistão quer a paz", mas reiterou que "se nos impõem a guerra, o Exército está preparado para defender o país". EFE igb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG