O chefe do braço armado do grupo radical islâmico Hamas era o alvo de um novo ataque da Força Aérea israelense no sul da Faixa de Gaza nesta quarta-feira, mas saiu ileso, informou à AFP uma fonte médica palestina.

Dois palestinos, entre eles uma mulher, morreram no ataque, enquanto outras 30 pessoas ficaram feridas.

O diretor dos serviços de emergência da Faixa de Gaza, Moawiya Hassanein, explicou que os mortos eram vizinhos do chefe das Brigadas Ezzedin al-Qassam, Abu Anas Chabana, que não estava em casa no momento do ataque, em Rafah, perto da fronteira com o Egito.

A casa de Chabana ficou destruída, e algumas construções vizinhas foram danificadas.

az-sst/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.