Fontes do PKK confirmam ataque aéreo turco no norte do Iraque

Suleimaniya (Iraque), 16 abr (EFE).- Fontes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) confirmaram hoje à Agência Efe que aviões turcos bombardearam na madrugada passada várias zonas da província de Dahuk, no norte do Iraque, sem deixar vítimas.

EFE |

O responsável de relações públicas do PKK, Ahmed Deniz, disse que "a partir das 1h30 ou 2h30 local (18h30 e 19h30 de Brasília) aviões militares turcos bombardearam Zagros e Bazia, na província fronteiriça de Dahuk".

Deniz disse também que aviões turcos sobrevoam desde terça-feira à noite as zonas de Bahdinan, em Dahuk, e as montanhas de Qandil, no leste da província de Erbil, também no Curdistão iraquiano.

Segundo Deniz, a Turquia está concentrando tropas perto da fronteira com o Iraque, mas, "até agora, não violou as fronteiras" por terra.

Antes, o Estado-Maior do Exército turco tinha informado em comunicado que suas forças aéreas tinham bombardeado novamente alvos do PKK.

De acordo com a nota, um grupo armado do PKK foi atacado quando tentou se infiltrar no sudeste da Turquia através do Iraque, e aviões de combate turcos conseguiram "eliminar" os rebeldes curdos.

O PKK iniciou sua luta armada contra o Estado turco em 1984 para exigir mais direitos para os estimados 12 milhões de curdos no país.

Em outubro passado, o Parlamento turco deu sua autorização ao Exército para realizar incursões no norte do Iraque contra as bases do PKK.

Além disso, o grupo Partido da Vida Livre no Curdistão (Pejak), braço iraniano do PKK, ameaçou realizar ações armadas dentro do Irã, se o regime de Teerã não parar de bombardear suas bases nas montanhas de Qandil.

Deniz disse que os milicianos do Pejak atacaram um posto de controle militar no sudoeste do Irã, em 13 de abril, e mataram oito soldados iranianos. EFE fm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG