Fones de ouvido dos reprodutores de MP3 podem afetar marca-passos

Os fones de ouvidos usados em reprodutores de MP3 como o iPod podem interferir no funcionamento de marcapassos e desfibriladores cardíacos implantados, segundo um estudo publicado no domingo.

AFP |

Os pesquisadores comprovaram os efeitos de oito mdoelos diferentes de fones de ouvido de MP3, todos contendo a substância magnética neodynium, sobre o funcionamento dos desfibriladores e marca-passos em 60 pacientes.

"Colocamos os fones sobre o peito dos pacientes diretamente acima do local onde é implantado o desfibrilador ou o marcapasso, com o objetivo de estudar as interferências eletromagnéticas", explicou o doutor William Maisel, diretor do Instituto de segurança de instrumentos médicos do Centro Médico Beth Israel de Boston (Massachusetts, leste), principal autor do estudo.

Os resultados foram apresentados na conferência anual da American Heart Association, realizada no final de semana em Nova Orleans (Louisiana, sul).

As interferências foram detectadas em 14 pacientes (23%). Segundo os cientistas, 15% deles usavam um marca-passo (regulador do ritmo cardíaco) e 30% possuíam um desfibrilador.

No caso dos pacientes com marca-passo, as interferências resultaram na emissão de um sinal que provoca batidas cardíacas que não fazem parte do ritmo natural do coração, informou o cardiologista em um comunicado.

Já com os desfibriladores, os fones podem desativá-los momentaneamente - embora, na maioria dos casos, o aparelho volte a funcionar normalmente depois que o usuário pára de usar os fones.

O estudo concluiu, por fim, que para que estes aparelhos cardíacos funcionem de forma segura, os reprodutores MP3 devem ficar a pelo menos a três centímetros dos artefatos implantados.

js/ap/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG