Foguetes lançados por grupos palestinos caíram 50% desde ofensiva israelense

Jerusalém, 12 jan (EFE).- O número de foguetes lançados pelas milícias palestinas caiu em torno de 50% desde que começou a ofensiva militar israelense contra a Faixa, segundo dados fornecidos hoje pelo Exército de Israel.

EFE |

"Nos primeiros dias da ofensiva, as milícias conseguiam lançar entre 70 e 80 foguetes diários, enquanto agora costuma haver entre 20 e 30 lançamentos", disse à Agência Efe um porta-voz militar.

No dia 27 de dezembro, quando começou a operação, as milícias fizeram 139 lançamentos, entre foguetes Grad, Qassam e bombas, um número que rapidamente diminuiu até oscilar entre os 50 e 85 por dia.

Hoje, as milícias lançaram, no máximo 20 foguetes, um número não muito diferente do registrado nos dois últimos dias.

O jornal "Ha'aretz" informou hoje que os milicianos foram obrigados a reduzir o tempo usado para disparar os projéteis a um máximo de 90 segundos, o que torna mais difícil que acertem o alvo.

Os ataques aéreos e terrestres israelenses obrigaram as milícias a buscar lugares mais seguros a partir de onde fazer os lançamentos, e os grupos foram obrigados a retroceder para o sul e o oeste da Faixa, para zonas mais afastadas da fronteira com o Estado judeu, mas nas quais há menor presença de tropas israelenses.

Desde que a operação entrou em sua segunda fase e as tropas invadiram a Faixa, em 3 de janeiro, os projéteis palestinos não mataram nenhum israelense, enquanto nos primeiros dias dos ataques causaram a morte de três civis e um militar.

Fontes palestinas informam que, no mesmo período, as tropas israelenses mataram mais de 900 palestinos em Gaza e feriram cerca de 4.100, metade deles civis. EFE aca/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG