Fogos de artifício deixam 546 feridos em festa de réveillon nas Filipinas

Os bombeiros, por sua vez, apagaram diversos incêndios provocados por fogos de artifício

EFE |

Fogos de artifício e balas perdidas deixaram 546 pessoas feridas durante as celebrações para receber 2011 nas Filipinas, informaram fontes oficiais neste sábado.

O número de casos registrados pelo departamento de Saúde é 7% maior que o do réveillon do ano passado, mesmo com a campanha que desaconselhava o uso de fogos de artifício nos festejos de Ano Novo.

Segundo o subsecretário do departamento, Mario Villaverde, 518 pessoas ficaram feridas pelos artefatos pirotécnicos, outras 20 por balas perdidas e ainda oito por intoxicação provocada pela pólvora.

"A maioria dos afetados são crianças entre um e dez anos", disse Villaverde, indicando ainda que uma pessoa se suicidou engolindo uma espécie de artefato. Durante os festejos também foram registrados vários feridos por armas brancas em brigas.

Os bombeiros, por sua vez, apagaram diversos incêndios provocados por fogos de artifício que não causaram danos pessoais.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG