Fogos de artifício de Ano Novo destroem torre de 1.600 anos na China

Pequim, 20 fev (EFE).- Os fogos de artifício que são lançados sem controle durante dias em toda a China para celebrar o Ano Novo lunar voltaram a fazer estragos em 2010 ao destruir uma torre de 1.

EFE |

600 anos de idade na histórica cidade de Zhengding (província de Hebei, no norte).

O incêndio, segundo informou hoje o "China Daily", aconteceu durante a noite de quinta-feira para sexta-feira, quando os chineses realizam o chamado "Po Wu" (quinto dia do ano novo chinês) e têm por costume multiplicar a despesa dos fogos de dias anteriores, a fim de espantar aos maus espíritos.

As estruturas de madeira da torre, no lado sul da cidade e única que estava de pé da antiga muralha que rodeava a cidade, ficaram completamente destruídas, e embora não tenha havido danos pessoais o Governo local calcula que o incêndio causou US$ 146 mil de perdas.

A torre, com base de tijolo, tinha sido reconstruída em 2001, com um custo de cerca de US$ 600 mil. EFE abc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG