Foca arrasta menina de 5 anos para o mar no Canadá

Toronto (Canadá), 3 set (EFE).- Uma menina de cinco anos foi arrastada para o mar por uma foca quando brincava na última terça-feira em um píer nos arredores da cidade canadenses de Vancouver, informou hoje a imprensa local.

EFE |

O incomum incidente aconteceu pouco depois que Caleigh Cunning e seu pai, Mike Cunning, retornaram ao porto após passar parte do dia pescando.

Enquanto o pai limpava três salmões capturados pela família, Caleigh e outras duas crianças começaram a brincar no píer do porto Thunderbird.

De repente, Mike Cunning escutou um barulho alto de algo caindo na água e viu que sua filha tinha desaparecido do píer. Segundos depois, Caleigh - que vestia um colete salva-vidas - emergiu a vários metros do porto.

A menina tinha uma mordida em uma das mãos. Um amigo de Mike Cunning, Trevor Shields, explicou que viu uma foca agarrar a mão da criança e arrastá-la para o mar.

"A foca saiu de água e pôs a mão (de Caleigh) diretamente em sua boca", declarou Shields.

A menina confirmou a seu pai que uma foca a tinha arrastado e disse a ele que o animal tinha sido "mal educado", porque não perguntou se queria ir nadar com ele.

Cunning comentou que ouviu histórias sobre ataques de focas a pequenos cachorros, mas nunca algo parecido com o que aconteceu com sua filha.

Aparentemente, no mesmo dia, Caleigh tinha alimentado focas que ficam no porto, uma prática habitual, mas desaconselhada por especialistas, o que pode ter deixado restos de peixe nas mãos da menina.

As focas de porto podem chegar a pesar mais de 100 quilos e medir quase dois metros de comprimento. Elas costumam se alimentar de peixes e mariscos.

Exceto pelos ferimentos na mão, que estão sendo tratados com antibióticos, os médicos que atenderam Caleigh disseram que a menina se encontra em perfeito estado de saúde. EFE jcr/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG