Uma foca encontrada por uma família no quintal de sua casa em Kent, no sudeste da Inglaterra, a uma distância de quase 30 quilômetros da costa, foi devolvida ao mar.

O animal, que a sociedade britânica protetora dos animais (RSPCA) estimava ter menos de um ano, foi encontrada pouco antes do Natal.

"Nós notamos que ela veio por um córrego no fundo do jardim pelas marcas na neve", disse a moradora Harriet Dwyer. Ela conta que ouviu o cachorro Jack latir, foi ver o que estava acontecendo e viu "o que parecia ser um enorme gato molhado".

"Ela entrou no nosso lago e acho que comeu alguns dos peixinhos dourados dos meus pais", afirmou.

A foca foi levada para o centro Mallydams Wood, aos cuidados da RSPCA, que deu ao animal o nome de Gulliver.

A tratadora de animais Elaine Crouch disse que os filhotes de foca se separam com frequência de suas mães durante tempestades ou inundações.

Desde o Natal, o filhote cresceu e engordou 14 quilos. Um dispositivo de identificação mostrou que ele vinha da França. Não se sabe que voltará para lá ou se permanecerá na costa britânica.

Assista ao vídeo:

Leia mais sobre focas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.