profundamente preocupado com a crise alimentar no Haiti - Mundo - iG" /

FMI se diz profundamente preocupado com a crise alimentar no Haiti

O Fundo Monetário Internacional (FMI) se disse nesta sexta-feira profundamente preocupado com as conseqüências da crise alimentar no Haiti.

AFP |

"O FMI está determinado a apoiar os esforços do governo para aliviar o sofrimento da população, preservando a estabilidade econômica", afirmou o chefe da missão do FMI para o Haiti, Andreas Bauer.

"Enquanto país importador de alimentos, o Haiti foi atingido em pleno pela disparada dos preços internacionais que continuam a infligir grandes sofrimentos às populações locais", estimou.

Bauer foi a Porto Príncipe de 22 a 24 de abril para uma avaliação preliminar destinada a adaptar programas de redução da pobreza à nova situação ligada a um choque causado por acontecimentos externos ao Haiti e seu impacto no programa econômico do governo.

Seis pessoas, entre elas um policial da ONU foram mortas e cerca de 200 ficaram feridas durante sublevação causada pela fome que custou o cargo ao primeiro-ministro Jacques-Edouard Alexis a meados de abril.

cg/dd/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG