FMI libera US$ 160 milhões para Honduras após reconhecer Governo

Washington, 5 mar (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) liberou hoje para Honduras US$ 160 milhões, congelados após o golpe de Estado de junho passado, ao reconhecer a administração do presidente Porfirio Lobo como o Governo legítimo do país.

EFE |

"Posso confirmar que o FMI reconhece e tratará a administração de Porfirio Lobo como o Governo de Honduras", disse à Agência Efe Andreas Adriano, um porta-voz do Fundo. EFE cma/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG