FMI diz que Letônia fez progressos para ter ajuda internacional

Washington, 7 dez (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) considera que a Letônia fez progressos para receber a ajuda internacional que reivindica, embora tenha advertido que o país terá que fazer ajustes excepcionais.

EFE |

Em comunicado divulgado hoje em Riga, o FMI reconhece que desde finais de novembro, quando a Letônia pediu ajuda externa de emergência para fazer frente à crise econômica, "foram alcançados progressos dirigidos à concessão de um programa que, apoiado pelo Fundo, ajude o país".

Agora, o FMI, a Comissão Européia (CE, órgão executivo da União Européia) e alguns Governos europeus estão "trabalhando com as autoridades letãs no esboço de um programa que permitirá manter a paridade da taxa de câmbio atual da Letônia", diz a entidade.

Como resultado da crise mundial, a Letônia passou a ser um dos países europeus com maiores taxas de contração de sua economia (4,3%) no terceiro trimestre deste ano.

Há um mês, o Governo letão se viu obrigado a nacionalizar o segundo maior banco do país, Parex Banka, para evitar sua quebra.

EFE pgp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG