FMI diz que é preciso atuar de forma rápida e coordenada contra crise

Paris, 4 out (EFE).- O diretor-executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, afirmou hoje, em Paris, que para fazer frente à crise financeira internacional é preciso atuar rápido e de forma coordenada.

EFE |

Strauss-Khan, que fez estas declarações depois de se reunir com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, disse ainda que "a situação é muito preocupante", e apoiou a vontade do chefe de Estado da França de fazer "os europeus se coordenarem". EFE ac/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG