Tamanho do texto

Todos os países emergentes estão enfrentando riscos similares aos que ameaçam o leste da Europa, duramente afetada pela crise econômica e financeira mundial, advertiu nesta sexta-feira o diretor gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn.

"Há riscos na Europa do Leste, assim como em todos os mercados emergentes, e podemos superá-los. Os problemas da Europa do leste não são maiores nem menores do que os de outros países emergentes", disse Strauss-Kahn em entrevista à imprensa paralelamente a uma conferência de economistas em Viena.

"Os mercados emergentes contaram muito na última década com os fluxos de capitais (estrangeiros), que pararam com a crise", acrescentou.

lad/gg/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.