verde contra mudança climática - Mundo - iG" /

FMI anuncia criação de fundo verde contra mudança climática

Davos (Suíça), 29 jan (EFE).- O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, anunciou hoje que criará um fundo verde para financiar a luta contra a mudança climática.

EFE |

Em declarações no Fórum Econômico Mundial de Davos (Suíça), Strauss-Kahn ressaltou que é papel do FMI proporcionar, dentro de suas atividades, que é o financiamento, "ideias novas, muito novas para tentar financiar, ao mesmo tempo, a adaptação à mudança climática e limitar o risco de emissões de carbono".

O diretor ressaltou que o novo modelo de crescimento, de emissões de carbono, precisa de financiamento, e "nós vamos encontrar soluções".

Ele esclareceu que a ideia de base consiste em "encontrar dinheiro e organizá-lo em um fundo verde". Para ele, "é preciso ver como fazer com que esse dinheiro não seja caro, e aí temos algumas propostas que fazer".

O responsável do FMI destacou que a mudança climática representa "uma catástrofe iminente" e que é preciso atuar.

Ele considerou que este problema "não pode ser tratado com os instrumentos tradicionais", o que exige novas ideias.

O problema da mudança climática ocupou hoje parte dos debates do Fórum de Davos. O presidente do México, Felipe Calderón, pediu que sejam dados incentivos às ações a fim de reduzir as emissões.

Cancún, no México, será palco no final do ano da próxima reunião das partes para buscar um acordo que substitua ao de Kioto.

"A falta de consenso está relacionada com problemas econômicos de cada país, porque há custos econômicos associados à tarefa" de frear a mudança climática, disse o líder.

"Se podemos encontrar um mecanismo econômico com os incentivos adequados para impulsionar ações, seja dos países em desenvolvimento ou desenvolvidos, estaremos no caminho de encontrar uma solução em Cancún", complementou. EFE vh/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG