FMI adverte para risco de crise por preços dos alimentos e do petróleo

O Fundo Monetário Internacional advertiu nesta terça-feira para o risco de que uma crise financeira ecloda em razão dos altos preços do petróleo e dos alimentos, por causa de sua repercussão no balanço de pagamentos de diversos países.

AFP |

"Um período prolongado de preços próximos ou superiores aos níveis atuais terá um sério impacto sobre o balanço de pagamentos de diversos países", ressaltou a instituição com sede em Washington.

"Além disso, a inflação está em alta, o que afeta os pobres, e os equilíbrios orçamentários estão ameaçados", indicou o Fundo em sua primeira tentativa de avaliação do impacto macroeconômico dos altos preços do petróleo e dos alimentos.

O risco de uma crise parece maior devido ao fato de que "o aumento dos preços dos alimentos se prolongaria mais do que o habitual (...), dados os novos aumentos da produção de biocombustíveis esperados, a continuação de um forte crescimento das economias emergentes e em desenvolvimento e seu impacto sobre o preço do petróleo".

chr-fga/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG