Miami, 4 mar (EFE).- As autoridades americanas detiveram hoje 81 estrangeiros, entre eles um número não especificado de brasileiros, na Flórida por infrações relacionadas ao visto de estudante.

Na operação, também foram detidas duas mulheres que administravam um instituto de idiomas e que agora enfrentam acusações por fraude imigratória.

Segundo Jeffrey H. Sloman, promotor federal no estado da Flórida, além dos brasileiros há detidos de Colômbia, Honduras, Venezuela, República Dominicana, Coreia do Sul, Indonésia, Japão, Cazaquistão, Síria, Tailândia, Turquia e Turcomenistão.

As detenções foram realizadas no sul e no centro do estado e a maioria dos estudantes era tailandesa, explicou Sloman em entrevista coletiva ao lado de funcionários do Escritório de Imigração e Alfândegas (ICE, em inglês).

Entre os imigrantes, 80 estão em custódia do ICE à espera da deportação e um foi liberado sob supervisão após ser processado para uma futura expulsão do país.

O promotor lembrou que muitos dos responsáveis pelos ataques terroristas contra o World Trade Center e o Pentágono, em 11 de setembro de 2001, eram estrangeiros que "abusaram do programa de vistos de estudantes para entrar no país". EFE sob/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.