Finul confirma que 3 foguetes foram disparados do sul do Líbano contra Israel

Beirute, 14 (EFE).- A Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) confirmou hoje que pelo menos três foguetes foram disparados a partir de território libanês nesta manhã e atingiram a área israelense de Kiryat Shmona, segundo relatórios preliminares do organismo.

EFE |

Em comunicado, a Finul disse que os disparos não causaram danos ou vítimas e que, até agora, ninguém assumiu a autoria dos ataques.

A Força confirmou ainda que Israel atirou duas descargas de artilharia, sem causar danos ou deixar vítimas.

A Finul, junto com o Exército libanês, faz investigações no terreno, no norte da área operacional do Setor Leste, sob comando espanhol, a partir de onde foram lançados os foguetes, acrescentou o texto.

O comunicado informou também que o chefe da Finul, general Claudio Graziano, está em contato com os comandantes dos exércitos libanês e israelense, aos quais pediu que se contenham e ajam de forma a manter o cessar-fogo.

Em outra nota, a força da ONU anunciou que uma patrulha conjunta da Finul e do Exército libanês achou hoje três foguetes preparados para serem disparados, e que estes foram desativados no local.

A Finul e as Forças Armadas libanesas continuam suas patrulhas intensas em tarefas de busca na área, explicou o texto.

Antes, fontes policiais do sul do Líbano tinham dito à Agência Efe que um grupo desconhecido disparou hoje seis foguetes contra território israelense, mas só dois deles atingiram o país vizinho, e o resto caiu em solo libanês, sem causar vítimas.

Fontes militares libanesas ressaltaram que o mesmo grupo não identificado havia preparado outros três projéteis para serem disparados.

O incidente de hoje foi o segundo no sul do Líbano desde o começo do ataque israelense contra Gaza, em 27 de dezembro. EFE ks/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG