Finul celebra o Dia Internacional da Paz com homenagem a soldados mortos

Nakura (Líbano), 22 set (EFE).- Representantes dos 27 países que integram a Força Interina da ONU no Líbano (Finul) celebraram hoje o Dia Internacional da Paz em uma homenagem aos 274 capacetes azuis mortos nesta missão.

EFE |

O ato aconteceu no quartel-general desta força, na localidade fronteiriça de Nakura, no sul do país, e foi liderada pelo chefe da Finul, o general Claudio Graziano, e seu adjunto, o general Apurba Bardalei.

"Os sacrifícios não foram em vão", mas "encorajam a continuar a busca da paz e da estabilidade" no Líbano, afirmou o general Graziano na cerimônia, que contou com a presença de oficiais das forças de segurança libanesas, de religiosos e de autoridades civis.

"Prometemos que continuaremos trabalhando juntos para contribuir para o estabelecimento da paz e dos direitos humanos no Líbano e em todas as partes do mundo", acrescentou.

Durante a celebração se prestou homenagem aos "capacetes azuis" da Finul mortos no Líbano, que chegam a 274 desde o posicionamento desta força no sul do país, em 1978.

O general italiano lembrou que há mais de 100 mil capacetes azuis de 120 nacionalidades posicionados em regiões de conflito no mundo todo e que 13 mil deles prestaram serviço na Finul.

Paralelamente a esta celebração geral, cada batalhão organizou na área sob sua jurisdição diversas atividades para as crianças, como jogos e concursos de desenho em torno do Dia Internacional da Paz, que foi celebrado em todo o mundo ontem. EFE rd/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG