Finul celebra 31 anos de presença militar no Líbano

Beirute, 19 mar (EFE).- A Força Interina das Nações Unidas para o Líbano (Finul) realizou hoje um ato para comemorar seus 31 anos de presença no sul do país, informou o corpo, em comunicado.

EFE |

Representantes dos 30 países que participam dessa força foram à celebração na localidade de Nakura, além de membros do Exército libanês, da Polícia, prefeitos, responsáveis políticos e diplomatas.

Durante o ato, o chefe da Finul, o general italiano Claudio Graziano, e o general brigadeiro do Exército libanês Abdul Rahman Chehaitly colocaram várias coroas de flores no monumento aos mortos dessa força.

"A Finul, em estreita coordenação com o Exército libanês, faz tudo o que está a seu alcance para garantir a segurança na zona", afirmou o general italiano.

Além disso, Graziano disse que seus efetivos "observam permanentemente a evolução da situação, mantêm postos de observação móveis e fixos, e realizam patrulhas por terra e ar diariamente".

A Finul foi criada em 19 de março de 1978 pelas resoluções 425 e 426 do Conselho de Segurança da ONU para ratificar a retirada de Israel do sul do país, restaurar a paz e a segurança, assim como ajudar o Governo a estabelecer sua autoridade na área. EFE ks/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG