Finalmente Bush reconheceu a crise financeira, diz Chávez

Pequim - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, comemorou hoje o fato de seu colega americano, George W. Bush, ter reconhecido a crise financeira nos Estados Unidos, o que aconteceu durante um discurso pronunciado na Assembléia Geral da ONU.

EFE |

Chávez afirmou ainda que, apesar de "ninguém poder dizer que um tsunami como esse não vai lhe atingir", seu Governo tomou medidas há meses para evitar os efeitos da crise.

"O que o próximo presidente dos Estados Unidos vai receber é um navio naufragando. Não estamos alegres com isso, mas temos de dizer que lhes tínhamos advertido", disse o líder venezuelano.

Chávez assegurou ainda que ele e outros líderes europeus e asiáticos "defenderam uma reestruturação da chamada arquitetura financeira internacional".

"Nunca fomos ouvidos e este é o resultado", afirmou.

"Felizmente, China e Venezuela têm seu modelo próprio e não são dependentes do modelo financeiro americano", acrescentou.

Chávez conclui hoje sua quinta viagem oficial à China, no qual os acordos petrolíferos dominaram sua agenda.

Na tarde de hoje, o presidente venezuelano viajará à Rússia, onde deve se reunir com seu colega local, Dmitri Medveded.

    Leia tudo sobre: crise nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG