Filme sobre corrupção em bancos abre Festival de Berlim

O Festival de Cinema de Berlim abre nesta quinta-feira sua edição de número 59 com um suspense envolvendo a máfia dos banqueiros e suas trapaças financeiras que atravessam fronteiras. Trama Internacional , do alemão Tom Tykwer (Corra, Lola, Corra e O Perfume ), inaugura o evento em uma noite de gala, com a história de dois agentes que tentam levar à Justiça um dos bancos mais poderosos do mundo.

BBC Brasil |

A escolha do filme para a abertura já estava decidida mesmo antes do terremoto bancário, garante o diretor do festival, Dieter Kosslick.

Com a crise financeira, entretanto, a obra teria ganhado um "sentido metafórico".

"A credibilidade desse filme é extremamente alta. Há apenas seis meses ninguém teria acreditado nela dessa forma", disse Kosslick em entrevista a um jornal alemão.

Apesar dos atuais tempos difíceis, o festival de cinema - um dos "três grandes", ao lado de Veneza e Cannes - promete 11 dias de muito glamour, 386 filmes e um desfile quase ininterrupto de estrelas sobre seu tapete vermelho.

Entre as presenças confirmadas estão Kate Winslet, Renée Zellweger, Keanu Reeves, Demi Moore, Ralph Fiennes, Steve Martin, Stephen Frears, Willem Dafoe, Monica Belucci e Michelle Pfeiffer.

O Brasil participa com três filmes que serão exibidos em sessões paralelas e, portanto, não compõem a lista das 18 obras concorrentes ao Urso de Ouro.

José Padilha, diretor de Tropa de Elite
, vencedor em Berlim no ano passado, exibe seu novo documentário, Garapa,
na mostra não competitiva Panorama.

As outras contribuições brasileiras são Vingança
, de Paulo Pons, e o curta-metragem Triangulum
, co-produção de Brasil, Alemanha e Egito dirigida por Melissa Dullius e Ricardo Jahn.

Uma das atrações com gosto especial para os cinéfilos promete ser a retrospectiva "70 mm - Bigger than Life", onde serão mostrados 22 clássicos do cinema monumental, como Ben Hur
, Cleópatra
, 2001: Uma Odisseia no Espaço
e Lawrence da Arábia
em alta resolução, com filmes cuja largura tem, originalmente, o dobro das películas convencionais, projetados em telas panorâmicas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG