Cannes (França), 22 mai (EFE).- O filme canadense Jai tué ma mère recebeu hoje três dos prêmios principais concedidos pela Quinzena dos Produtores, uma das seções paralelas do Festival de Cannes.

O filme do cineasta Xavier Dolan obteve o Art Cinema Award, o sétimo prêmio Regards jeunes e o prêmio SACD (Sociedade de Autores e Compositores Dramáticos) Já a produção "La merditude des choses", do belga Felix Van Groeningen, conquistou uma menção especial do júri, informaram os organizadores da Quinzena.

Outro dos prêmios, o Label Europa Cinemas, foi para o filme austríaco "La Pivellina", dirigido por Tizza Covi e Rainer Frimmel.

Entre os curtas-metragens, o vencedor foi o francês "Montparnasse", de Mikhaël Hers.

Na programação da Quinzena dos Produtores deste ano participavam a coprodução hispânico-argentino-italiana "Tetro", dirigida por Francis Ford Coppola, e o filme mexicano "Daniel y Ana", de Michel Franco.

A Quinzena dos Produtores é uma seção paralela do Festival de Cannes, que termina no domingo com o anúncio dos prêmios aos filmes que concorrem pela Palma de Ouro. EFE jam/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.