Filipinas suspende viagens da companhia de navio naufragado

O governo filipino suspendeu até nova ordem as viagens de todos os navios da empresa proprietária do ferry que naufragou no sábado com 750 passageiros a bordo.

AFP |

A subsecretária de Transportes, Elena Bautista, responsabilizou a companhia proprietária, a Sulpicio Lines, pelo naufrágio dol Princess of the Stars.

"Definitivamente, a Sulpicio Lines é a responsável pelo acidente", disse.

O Princess of the Stars naufragou no sábado durante uma tempestade provocada pela passagem de um tufão. Das quase 750 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulação, apenas 32 sobreviventes foram localizados.

Os trabalhos de resgate foram retomados na manhã desta segunda-feira.

A presidente das Filipinas, Gloria Arroyo, exigiu explicações para saber como o ferry recebeu autorização para sair de Manila, apesar da ameaça de tufão.

Um porta-voz da Sulpicio Lines se negou a comentar o acidente com a justificativa de que a empresa está concentrada na busca de sobreviventes. A companhia tem 22 navios de transporte de passageiros e carga.

bur-tha/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG